Lâmpadas de led são mais eficientes

Lâmpadas de led são mais eficientes de verdade?

Grande parte da economia decorre da melhoria na eficiência energética das iluminações led; até 77% menos energia é necessária para produzir luz.

Um benefício adicional é a redução do calor gerado, que economiza no ar-condicionado, perceptível em sala de operações, escritório ou data center.

Além dos benefícios de custo, os fabricantes de led prometem uma vida excepcionalmente longa de 10 ou mais anos.

Mudar da iluminação descartável para a durável elimina os custos de manutenção, como substituição de tubos e reatores, que são padrão às lâmpadas fluorescentes. Além dos custos de reposição está a necessidade do descarte adequado dos tubos fluorescentes à base de mercúrio.

Exemplo prático

O aeroporto Pittsburgh está instalando mais de mil luminárias led para cobrir um milhão de pés quadrados em sua garagem e na área de carga ou descarga de passageiros. Acredita-se que o projeto seja a maior instalação única de leds até o momento ao redor do mundo.

Este aeroporto está aproveitando uma subvenção estadual para subsidiar a instalação de iluminação led. Com a concessão, o período de retorno é reduzido pela metade.

Na prática os leds estão começando a iluminar instalações comerciais padrão, como escritórios e varejo. No ano passado, a nova sede da Unilever, com 500 mil pés quadrados, usou leds na fonte primária de luz elétrica.

A Starbucks também anunciou no ano passado seu plano de modernizar todas as suas 8 mil lojas próprias com luminárias led.

Onde usar este tipo de tecnologia para iluminação?

Locais que consomem muita energia: Onde há longas horas de operação com tecnologia ineficiente como incandescentes, halogenetos ou halogênios.

Essas aplicações incluem garagens, hospitais, varejo, aeroportos e outros centros de transporte, iluminação decorativa, sinalização, elevador e restaurantes.

Manutenção dispendiosa – Locais em que é necessária uma substituição frequente ou itens caros para substituir. Exemplos são sinalização e luzes externas de edifícios.

Tecnologia e led

Independentemente da tecnologia de iluminação selecionada, o primeiro passo é reduzir a iluminação necessária e, em seguida, encontrar a tecnologia mais eficiente para o restante.

Incorporar tecnologia na iluminação diurna reduz a necessidade de luzes artificiais. Detectores de presença e escurecimento automático para manter o nível correto de luz eliminam o desperdício, tecnologias facilmente instaláveis em sistemas de iluminação led.

Leds na NASA

O mais novo uso de leds, desenvolvido pela NASA, é fornecer luz para o cultivo de plantas para oxigênio e alimentos no espaço. A pesquisa deste aplicativo espacial foi transferida para usos médicos no tratamento de cânceres.

A Fundação Light Up, sem fins lucrativos, está desenvolvendo e distribuindo iluminação led solar para pessoas pobres em áreas remotas que ainda dependem de lâmpadas de querosene e fogos de madeira.

Essa iluminação de estilo antigo cria emissões tóxicas que debilitam a saúde das pessoas expostas; especialmente vulneráveis são os jovens e doentes crônicos. A nova luz led é apreciada por sua iluminação brilhante, bem como pela operação limpa e econômica.