Como funciona a lâmpada led?

Apenas elétrons são necessários para o led e uma tensão ou pressão de 4 volts. Como acontece com o diodo comum, nenhuma corrente passa abaixo do limite. Cada elétron que cruza a junção deixa para trás um átomo com buraco.

Uma vez que o elétron está daquele lado da cerca ele não pode retornar. Seria necessária uma pressão tão alta, com algumas centenas de volts, que, danificaria a estrutura com certeza.

Outro elétron, não o que saiu, mas um novo vindo da conexão negativa preenche o buraco. Em termos teóricos cada elétron pode produzir 1 fóton. Leds devem funcionar em qualquer temperatura de nenhum kelvin a até bem acima da faixa de água fervente.

Na prática a frequência muda com a temperatura. No laser de estado sólido os grandes diodos de bomba são ajustados para a melhor frequência, modulando a temperatura com 0,1 grau na precisão.

Para as incandescentes, os prótons são 2.500 vezes mais pesados no tungstênio que tentamos excitar até que sua tremulação média alcance a temperatura do corpo negro necessária à luz visível.

Essa temperatura é tão alta que a maior parte do metal se liquefaria. Mas, o tungstênio continua sendo um metal sólido mesmo nessa temperatura.

Uma vez que átomos inteiros tremem com vigor a colisão direta indo na direção oposta pode excitar um elétron que vai gerar fótons.

O que são lúmens do led?

Lúmens são os brilhos da lâmpada led. A chave do sucesso é entender a relação entre lúmens e watts.

Um lúmen é uma medida da quantidade de luz percebida pelo olho humano. O watt se trata de medição de potência ou consumo de energia por unidade de tempo.

Os leds produzem muito mais luz, lúmens, para cada watt de energia consumido. Éramos desleixados na época das lâmpadas incandescentes e as usamos em watts como algo próximo para a saída de iluminação, uma preocupação menor quanto aos leds.

A máxima potência da lâmpada led

Interessante notar que lâmpadas led comerciais com 130 lúmens/watt agora são fáceis de encontrar. O máximo teórico é de cerca de 300 lumens/watt.

As lâmpadas incandescentes têm sorte de conseguir 30 lúmens/watt. Fluorescentes de tubo longo chegam a cerca de 120 lúmens/watt para uma saída de luz muito maior. As lâmpadas fluorescentes compactas atingem cerca de 80 lúmens/watt.

Você pode comprar uma lâmpada LED de equivalente a 1.110 watts (1.800 lumens) que consome somente 15w.

Diferenças entre lâmpadas de led, incandescentes e fluorescentes

Na prática existem três forma principais de lâmpadas no mercado popular: Fluorescentes, incandescentes e led.

As lâmpadas que usamos no Brasil com mais frequência são incandescentes, pouco eficientes em termos energéticos e na durabilidade.

As fluorescentes são mais eficientes, ao passo de que leds figuram como campeões em termos de efetividade, ou seja, considerando eficiência + eficácia. Veja mais a seguir.

Diferenciações principais das lâmpadas

Os leds são semicondutores envoltos no plástico para proteger seus elementos e focalizar a luz. O fluxo da corrente está numa direção, vindo de um ânodo e saindo no cátodo, sem filamentos de fio.

Em termos de diferenciação, lâmpadas incandescentes tradicionais têm filamentos que brilham realmente. Isso produz luz e calor quando flui a corrente.

O led possui elétrons que fluem para criar fótons – luz que podemos ver – que não geram calor e precisam de muito menos energia para criar a mesma quantidade de brilho das incandescentes, além de terem mais durabilidade.

A duração superior das lâmpadas led

Em termos científicos as lâmpadas de led usam 90% menos energia do que iluminações tradicionais.

Nas fluorescentes a corrente elétrica passa por um tubo que contém argônio e um pouco de vapor de mercúrio. Isso dá origem a uma luz ultravioleta invisível que excita revestimento fluorescente chamado fósforo no interior se o tubo emitir iluminação visível, processo que esquenta muito mais se comparar a lâmpadas led que funcionam até na neve.

Led envia todos os fótons ou lúmens em uma direção, eliminando a necessidade de refletores que em eventual ficam cobertos com poeira e sujeira atrapalhando na eficiência.

Além disso, há leds compactos, o que nos permite projetar algumas luminárias muito eficientes em torno deles.

Mas, talvez a melhor característica seja a vida útil da lâmpada led:

  • Incandescente: 1.900 horas;
  • Fluorescentes: 11.000 horas;
  • Leds: 100.000 horas.

O que torna uma lâmpada led mais eficiente?

Lâmpadas incandescentes são elementos de calor que se tornam tão quentes que parte da energia emitida é luz visível como efeito colateral.

Luzes fluorescentes criam luz de um arco elétrico que passa através de gás e algum plasma de metal para produzir iluminação ultravioleta muito forte, perigosa.

Para produzir luz branca um revestimento no tubo fluorescente absorve a iluminação ultravioleta e radia nos tons brancos.

As luzes de iodetos metálicos passam por um arco elétrico através de plasma de vapor para criar luminosidade. Esse processo requer que a energia suficiente seja gasta para criar o plasma metálico contínuo.

Leds criam luz onde dois materiais se encontram com propriedades elétricas diferentes.

Para que a eletricidade flua por essa junção os átomos na fronteira atingem um estado de energia tão alto que emitem fótons. A energia passa pela junção sendo emitida como calor. O led é quase o oposto de uma lâmpada incandescente em termos técnicos.

Lâmpadas são perigosas para a saúde?

Verdade ou mito. Independente do tipo de lâmpada sempre vai existir alguma reação da pele ou do organismo. O mesmo ocorre se você estiver abaixo das luzes solares naturais por horas. Conheça mais do assunto na leitura a seguir.

Quais os riscos da lâmpadas incandescentes?

  • Ao longo prazo leva à pele seca, causa rugas e gera queimação. Os raios infravermelhos de alta intensidade podem causar catarata ao iluminar os olhos por um longo tempo de forma direta.
  • Os níveis de UVA são baixos (o efeito da luz ultravioleta na saúde pode ser ignorado).
  • Não há UVB.
  • A estimulação dos olhos é pequena e a luz azul contida no espectro da lâmpada incandescente está mais segura em iluminação interna.

Quais os riscos das lâmpadas halógenas?

  • Sem UVB.
  • Pouco UVA.
  • Seguro em intensidade de azul.
  • O uso muito próximo gera vermelhidão, rugas, melasma e catarata, principalmente nos casos de muito tempo de utilização.

Quais os riscos das lâmpadas fluorescentes para a saúde dos seres humanos?

  • A ampla potência da luz azul danifica a retina.
  • Poucos índices de UVB, de modo que não podem ser consideradas nocivas.
  • O conteúdo de UVA ultravioleta tem efeito na saúde;
  • O conteúdo do infravermelho próximo é pequeno e a influência dos raios próximos pode ser ignorada.

Quais são os riscos das luzes led aos seres humanos?

  • Sem UVB;
  • O conteúdo ultravioleta de UVA é baixo e a influência pode ser ignorada;
  • Quase não há infravermelho.
  • Os níveis de luz azul são altos, podendo causar danos à retina. A radiação com temperatura de cor abaixo de 3.400K é mais segura aos olhos.

Basicamente, comparando as 3 versões a lâmpada led é menos nociva.

Aprenda a escolher sua lâmpada led conforme a ocasião?

Para iluminação comercial é recomendado o uso de luz branca led com temperatura de cor de no máximo de 6.500K. Na iluminação de escritório use uma temperatura de cor entre 3.000K e 5.000K.

Para iluminação doméstica tente usar luzes leds com uma única lâmpada de potência inferior a 8w e a temperatura da cor menor que 3.400K. Aos leds para iluminação selecione produtos com alta renderização de cor.

Para lâmpadas de leitura é melhor usar fontes de luz led com alta reprodução de cor e temperatura abaixo de 3.100K, na potência inferior a 8W.

Na Combinado você encontra promoções imperdíveis de diferentes tipos de lâmpadas led, testadas e aprovadas conforme rigorosos padrões de qualidade.

Tipos de lâmpadas residenciais que você precisa conhecer

Os efeitos da iluminação na saúde não são apenas os componentes espectrais da fonte de luz, mas também a radiação eletromagnética, o ruído, o brilho da fonte ou luminária e a segurança.  

Realmente, essas fontes de luz estão associadas ao trabalho e à vida das pessoas há muitos anos. Portanto, não há tantos riscos no uso adequado, embora seja necessário se preocupar com o descarte para evitar que os poluentes dos produtos se espalhem pelo ar.

Os principais tipos de lâmpadas residenciais são:

  • Lâmpada incandescente
  • Lâmpada halógena
  • Lâmpadas fluorescentes
  • Lâmpadas led

Veja agora a definição de cada um dos itens listados:

O que é uma lâmpada incandescente?

Uma lâmpada incandescente é fonte de luz elétrica que energiza um filamento ao estado incandescente e emite luz por radiação térmica.

Essa lâmpada foi inventada em 1879 pelo inventor americano Thomas Alva Edison. As lâmpadas incandescentes são uma espécie de fonte de radiação térmica.

A eficiência de conversão de energia é muito baixa. Apenas 5% da energia elétrica é convertida em luz que os olhos podem sentir.

No entanto, as lâmpadas incandescentes têm as vantagens de uma boa reprodução de cores, espectro contínuo e uso conveniente, além de ainda serem muito utilizadas nos países do terceiro mundo.

Como as lâmpadas incandescentes têm baixa eficiência luminosa e alto consumo de energia elas estão sendo eliminadas aos poucos. Do ponto de vista da saúde o impacto das incandescentes na saúde humana não é grande.

O que é uma lâmpada halógena?

A lâmpada halógena é uma variante da incandescente. O princípio consiste em injetar no bulbo o gás halogênio como iodo ou bromo.

Em alta temperatura o fio de tungstênio sublimado reage ao halogênio de maneira química. O tungstênio resfriado se solidifica no fio de tungstênio para formar um equilíbrio.

As lâmpadas halógenas são mais duradouras do que incandescentes, populares em holofotes internos.

O que são lâmpadas fluorescentes?

As lâmpadas fluorescentes são fontes de descarga de gás. Populares em vários ambientes de iluminação. Nelas a luz ultravioleta no tubo acende o fósforo na parede interna do tubo para gerar luz branca.

Muitas pessoas pensam que o vidro do tubo absorve os raios ultravioleta. Na verdade, ele não consegue absorver completamente.

O uso prolongado de luz fluorescente pode causar alguns danos na pele como vermelhidão e redução de água.

O que são lâmpadas led?

A lâmpada led é um dispositivo semicondutor de estado sólido que converte energia elétrica em luz visível. Amplamente utilizada em vários ambientes de iluminação.

A luz led branca é gerada por uma mistura de um chip emissor de luz azul dentro da pérola na lâmpada.

As fontes de iluminação têm muitas vantagens sobre as versões tradicionais. Leds estão em direção da liderança do desenvolvimento das fontes de iluminação.

Luminária para armário de cozinha versão led: Como escolher a melhor?

A luminária para armário led a cada dia se torna uma solução mais popular para iluminar os espaços de trabalho da cozinha. É uma solução fina e minimalista, brilhante às bancadas.

Ao buscar um produto do tipo é importante optar por versões que são resistentes a água. Procure na embalagem ou consulte os vendedores para saber se a produção da sua escolha tem o selo IP65.

O IP65 como classificação garante que a produção foi submetida a rigorosos testes de qualidade. Com esta proteção você pode trabalhar à vontade na cozinha sem medo de molhar a luz.

Luminária para armário de cozinha só com base de alumínio

Ao instalar luminárias em um corpo de alumínio você obtém uma luz agradável e uniforme em todo o espaço de trabalho. Sempre instale no material que tenha uma boa condutividade térmica (perfil de alumínio) para prolongar a vida útil dos leds.

Quanto dura a luminária led?

Em geral as luminárias led para cozinhas resistentes a água possuem uma durabilidade de 30 mil a até 100 mil horas, conforme a versão e os padrões de uso por parte dos usuários.

O lado da instalação

Para selecionar o melhor perfil para a sua instalação primeiro escolha se você deseja instalar o perfil na borda frontal, média ou traseira da parte inferior do gabinete.

Quando instalado na parte frontal ou no meio do gabinete recomendamos perfis de superfície retos para que a luz chegue até a bancada.

Instalado próximo à parede traseira, você também pode usar o perfil de 45 graus, para que a luz se afaste um pouco da parede traseira.

As instalações próximas à parede traseira em geral são mais populares, pois você pode instalar os fios de maneira mais discreta. O driver é instalado dentro do gabinete ou em cima dele.

Se possível, recomendamos que você peça ao seu eletricista que instale um soquete para o driver no sentido de facilitar a manutenção do sistema (por exemplo, se você precisar trocar o controlador). É possível ter interruptor de parede liga / desliga ao soquete.

Função para escurecimento

Substituir uma luz que tem um botão liga / desliga no corpo por um controlador é a melhor forma para você escurecer a iluminação de acordo com as suas necessidades na cozinha.

Selecione um driver (controlador) regulável adequado à sua instalação.

O tamanho do driver é calculado pelo consumo de energia e comprimento da faixa de led.

Outra dica é escolher luminária para armário de cozinha com pelo menos mil lúmens.

Pense em luminária led tubular na hora de substituir a iluminação

Na hora de trocar luminárias tubulares fluorescentes antigas porque não mudar para a luminária led tubular? Estas versões são eficientes em termos de energia, duram mais e ligam rapidamente.

Como as luminárias led do tipo tubular são livres de cintilação podem ser conectadas a um sensor de movimento. Os modelos não precisam de um acionador de partida (fusível) e podem ser fixados para serem usados ​​sem reator.

Onde usar luminária led tubular?

Principalmente usada em escritórios domésticos, garagens e espaços de armazenamento em casa. Nas zonas comerciais as lâmpadas tubulares são utilizadas em instalações de produção, armazéns, fábricas e lojas. Também usadas ​​em escritórios, corredores e saguões de edifícios comerciais. Perfeitas para iluminação geral.

A compatibilidade na hora de trocar

Ao substituir iluminação por led tubulares é possível mudar para o mesmo corpo da lâmpada fluorescente. Isto porque leds são compatíveis com 95% das bases antigas, além de serem adaptadas facilmente.

Alguns pequenos problemas podem surgir com as bases de tubo duplo, por isso recomendamos que você teste primeiro. Se elas não funcionarem como deveriam use a política de devolução da loja em que comprou os modelos leds.

A recomendação é procurar substituir o corpo ao mesmo tempo em que muda para tubos de led. Isso economiza seu dinheiro em manutenção, pois as lâmpadas led em geral usam voltagem entre 220 e 240, de modo que você não precisa ter um reator ou acionador de partida.

Além disso, as bases de lâmpadas antigas podem já ter se tornado quebradiças e estão no fim da vida útil.

Mais detalhes da base

Alguns modelos de luminárias led tubular emitem luz através do difusor leitoso e acrílico somente do outro lado, em 180 graus. O outro lado é de alumínio escovado que garante um bom resfriamento aos leds.

Para instalar leds com alumínio é preciso saber se a base fluorescente é capaz de suportar o produto, do contrário existe a necessidade de instalar um novo corpo.  

Segurança faz parte do negócio

É melhor dispensar as compras de versões chinesas não certificadas (alguns leds chineses possuem certificação) e priorizar a aquisição de produções certificadas conforme padrões internacionais.

Vá à loja virtual da Combinado no sentido de procurar algumas luminárias led em promoção no nosso extenso estoque. Aproveite os descontos para compras no atacado direcionados a empresas ou departamentos públicos.

Iluminação para quarto infantil: Como deve ser?

Especialistas concordam em dizer que no quarto das crianças uma boa iluminação funcional é essencial à saúde infantil.

Aqui estão algumas dicas sobre como criar iluminação para o quarto das crianças que funciona em todos os momentos do dia.

Durante o dia e o início da noite é importante que a iluminação seja brilhante, boa e sem muito brilho.

O quarto das crianças é usado de várias maneiras: Dever de casa, desenhos e artesanatos precisam de uma qualitativa iluminação uniforme. Mas, ao relaxar, para você é bom poder diminuir um pouco as luzes.

Como deve ser a iluminação para quarto infantil em ambientes noturnos?

Algumas crianças têm medo do escuro, principalmente quando dormem sozinhas em um novo quarto. É muito fácil aliviar esse medo usando soluções de iluminação modernas.

O quarto das crianças pode ser equipado com um sistema sem fio, facilitando a instalação dos interruptores de luz quando necessário.

Sabemos que existem luzes noturnas para o quarto das crianças no mercado, mas às vezes são muito brilhantes ou precisam ser recarregadas constantemente.

Além disso, essas luzes estão sempre acesas. Na sala escura, a luz deve ser ligada fácil ou automaticamente, quando necessário. Até os cantos escuros se transformam uma vez que estão iluminados para serem seguros e confortáveis.

Acessórios de luz que você pode usar nos quartos infantis

Abaixo você acompanha alguns exemplos de dispositivos leds para usar no quarto das crianças:

Fitas led

As tiras de led têm várias possibilidades diferentes na instalação: Teto como iluminação indireta ou extra; Atrás da cortina para luz ambiente; Debaixo da cama para uma luz noturna perfeita e na parede.

Estes acessórios oferecem várias possibilidades para espaços de iluminação. Eles podem ser usados como algo adicional ou luz ambiente. É uma produção bastante flexível. Use e abuse da criatividade.

Painéis led

As luzes do painel led funcionam bem ao criar iluminação uniforme e brilhante. Essa é uma das razões pelas quais estas produções são tão populares no sentido de iluminar o quarto das crianças.

Outra razão para a popularidade é que os painéis de led não têm um brilho forte, por isso são ótimos mesmo no quarto do bebê.

Spots led

Os pontos de led também podem ser usados ​​para criar uma iluminação brilhante e são bons quando você deseja ter uma luz inclinável.

Ajuste as luzes para paredes de cores claras no sentido de ter uma luz confortável e indireta. Há dispositivos com difusor fosco removível para suavizar a luz, mas se você precisar de mais sombras é possível abrir o ponto e remover o difusor.

Iluminação led para áreas externas: Tudo o que você precisa saber antes de comprar

Você pode criar um ambiente muito bem-iluminado ao usar iluminação led para áreas externas. Isto inclusive ao considerar as luzes para projetos menores e particulares, como casas, apartamentos e chalés.

Na melhor das hipóteses a iluminação conduzida ao ar livre acentua diferentes características ao seu jardim, cria segurança e torna acolhedor os terraços ou outros locais de entretenimento.

O brilho das luzes é uma das coisas mais importantes a considerar ao planejar a iluminação led para áreas externas.

Como planejar a iluminação externa?

De preferência tenha várias luzes mais escuras em lugares diferentes do que apenas uma luz para iluminar tudo.

Não se pode ignorar que uma luz brilhante torna todas as áreas circundantes mais escuras, pois os olhos tendem a se ajustar à iluminação.

Com poucas lâmpadas leds nas áreas externas fica facilitada a visualização de todo o seu jardim, o que é melhor ao invés de usar muitos pontos com fluorescentes.

Temperatura ideal ao conforto

A iluminação led externa funciona melhor com 3.000k de temperatura de cor clara. Isso faz com que os lugares pareçam aconchegantes. Ótima nas superfícies de madeira e cores quentes.

Contudo, você é livre para escolher a temperatura da cor de luz que achar melhor ao seu projeto.

Qual tipo de iluminação led usar para iluminar a entrada?

Use mais luz para guiar seus convidados até a porta e tornar mais segura a volta para casa. As portas da despensa e garagem devem estar bem-iluminadas, pelo menos no lado da maçaneta das portas.

Recomendável é ter a ajuda de um projetista de iluminação ou planejador de jardins para projetar a sua iluminação led externa.

Alguns exemplos de como usar luzes diferentes na iluminação externa de led são demonstrados a seguir:

Fitas led: Selecione leds de 4.000k para a ampla iluminação moderna e 3.000k com fins de destacar seu jardim ou gerar mais destaque a: Escadas, beirais, fachadas, rios, jardins e estacionamentos.

Você deve selecionar dispositivos leds resistentes a água que possuem o selo “IP65”. Muitas destas produções são compostas por alumínio.

Painéis led: Ótimas escolhas ​​aos espaços externos. Os painéis de led são usados ​em garagens e entradas pela iluminação brilhante, uniformemente.

Spots de led: Serve para embutir. Modelos grandes e pequenos para tetos ou chão.

Iluminações para áreas externas embutidas no chão

Os modelos leds ajustáveis são perfeitos para a iluminação de fachadas, árvores e outros recursos do seu jardim. Quando direcionados à superfície refletora fornecem os melhores resultados.

Também é possível usar papéis de parede que produzam luz indiretamente. Isso ajuda você a ver melhor o ambiente, pois a iluminação indireta é livre de reflexos.

Além disso, com paredes de cores claras você tem muita luz refletida. Os apliques são perfeitos para entradas e iluminar outras portas da casa ou das garagens.

As luzes de embutir são perfeitas para pequenas paredes externas e escadas de concreto. Ilumine as passagens e escadas laterais para evitar reflexos.

Dicas para adaptar tecnologia led na iluminação pública

Uma vantagem é o consumo de energia baixo e a longa vida útil. Além disso, as lâmpadas led são muito mais robustas contra choques ou vibrações. Elas podem ser usadas ​​com flexibilidade e a luz atinge uma qualidade superior imediatamente, após ligar.

As lâmpadas e luminárias led também são ideais para serem operadas no modo flexível ao uso diário. Além disso, a poluição luminosa que afeta com negatividade o meio ambiente é menor com esta tecnologia.

Quais são as desvantagens da adaptação para led?

Como a luz será levada às ruas, calçadas e áreas públicas de uma maneira muito concentrada no futuro as zonas escuras podem aparecer mais em alguns lugares do que com a tecnologia convencional de radiação difusa.

Existem diferentes cores?

Os leds estão disponíveis em várias cores claras. É feita uma distinção aproximada entre:

  • Branco quente: Até 3500k;
  • Branco neutro: De 3500k a até 4500k;
  • Branco frio: Acima de 5000k.

Basicamente, quanto maior o valor Kelvin (k), mais é a porção azul do espectro de luz gerado na lâmpada.

Quanto menor o valor Kelvin maior a porção vermelha do espectro de luz gerado de modo que a luz parece mais quente.

A renderização de cores no geral é melhor em valores de Kelvin mais altos.

Geralmente, na área municipal, luzes brancas neutras são selecionadas para as estradas federal e estadual, cruzamentos movimentados e cruzamentos de zebra – porque a segurança no trânsito tem prioridade absoluta.

Quais tipos de luminárias são usados ​​na conversão de luzes leds nas iluminações públicas?

A maioria da iluminação pública é convertida com luzes técnicas.

Estas luminárias trazem a luz específica para a área em que ela deveria estar nas ruas ou calçadas e oferecem uma variedade de possíveis características de radiação que permitem à iluminação ser adaptada com precisão à respectiva situação de rua.

Elas também geram apenas uma quantidade pequena de luz dispersa e, assim, minimizam a poluição luminosa.

Cerca de 12% dos sistemas de iluminação recebem luzes cilíndricas modernas. As luzes do cilindro são usadas para criar a melhor situação de claridade possível em áreas com grandes distâncias entre os pontos focais.

Com grandes distâncias entre os pontos de luz e as baixas alturas do poste não é possível usar luminárias técnicas ou decorativas para gerar uma área de sobreposição dos cones de luz.

Em tais situações, a visibilidade do ponto de luz à distância é de enorme importância, tanto para a percepção subjetiva dos níveis de iluminação quanto para a orientação. Essa visibilidade clara de distâncias maiores não é dada em luzes técnicas devido ao design.

Como funciona o fluxo de luz?

O fluxo luminoso total das novas luzes led deve ser quase o mesmo que o antigo padrão e as necessidades do espaço público.

Por que iluminação pública com led é uma tendência crescente?

Iluminação pública com led serve para qualquer aplicação. Quando se trata de vias públicas muitos fatores desempenham um papel importante na seleção da lâmpada ideal: A luz deve levar apenas motoristas, ciclistas e pedestres com segurança ao destino, sem ofuscar?

A iluminação externa pode incomodar os moradores? Quão fácil é manter as luzes da rua? O que precisa ser levado em consideração ao planejar a iluminação de acordo com os padrões?

Lâmpadas led para iluminação pública com segurança

Não importa se é na rua principal ou no parque escuro: Lâmpadas ruins são um risco de segurança. Com edições led resistentes às intempéries para iluminação pública você garante ao máximo que os caminhos tenham luzes seguras.

Leds desafiam o vento ou o clima e duram até sete vezes mais do que as outras lâmpadas. Isso significa menos manutenção e necessidade de substituição.

Mais economia de dinheiro e menos danos ambientais

Com vida útil longa e alta eficiência energética os leds ajudam a economizar dinheiro. Ao mesmo tempo, você economiza muitas toneladas de CO2 no clima, um argumento interessante para confiar nas modernas tecnologias de iluminação pública de led.

Com um bom planejamento da iluminação pública de led os custos e as emissões podem ser reduzidos a longo prazo. Esta tecnologia é mais eficiente em termos energéticos e duráveis ​​do que outras fontes de luz.

Lâmpadas de led precisam ser substituídas com menos frequência e usam menores índices de eletricidade para obter uma saída de luz comparável.

Então, se o fluxo luminoso for controlado de maneira otimizada os custos de energia poderão ser reduzidos, o que também resulta em uma redução das emissões de CO2 que favorece o clima.

Planejamento para uma melhor iluminação pública

No tráfego rodoviário, em vias públicas e praças, a conformidade com os regulamentos legais e a iluminação ideal são específicas. Com um conceito de iluminação individual é importante aos gestores públicos buscarem soluções personalizadas que atendem todos requisitos.

Led começa a iluminar o mundo

Leds englobam vários projetos nos últimos anos. Seja instalando e comissionando milhares de luminárias em tempo recorde ou solicitando a máxima confiabilidade – este mercado já gera bilhões de dólares ao ano.

Dispositivos led estão cada vez mais confiáveis, trabalham de forma confiável com vento, clima e radiação UV extrema, têm alto potencial de economia de energia, é durável ​​e requer pouca manutenção.

Lâmpadas de led fornecem a segurança, a eficiência energética e a melhor iluminação possível em espaços públicos.

Graças ao controle inteligente as luzes led de rua podem ser usadas com a flexibilidade necessária em caminhos, estradas, travessias e outras infraestruturas.